quinta-feira, 14 de junho de 2012

Filme de Doris Dorrie lançado em 2008 é um filme "sereno", simples e ao mesmo tempo cheio de conteúdo, a historia passa da Alemanha ao Japão e trata de um casal de idosos apaixonados mas sem cair nos famosos melados clichés típicos dos filmes norte-americanos. 
Trudi descobre que seu marido Rudi esta a beira da morte sem contar nada para ele ela convence-o a visitar os filhos e netos que se mostram sem tempo nem paciência com eles, ironicamente Trudi acaba morrendo enquanto dorme arrependido por não ter realizado o sonho da esposa em ir ao Japão, ele viaja para lá e vai mostrar a cidade para ela, no parque onde acontece o festival Hanami (observar as flores) ele conhece Yu que ensina os truques do butô dança (criada por TaTsumi Hijikata na década de 1950 com fortes influencias expressionistas) pela qual sua mulher era apaixonada e juntos vão ver o Monte Fuji onde ele acaba morrendo.   
 O filme se encaixa na narrativa chamada de "memoria involuntária" e podemos ver isso na cena em que o filho ao comer um prato feito por seu pai lembra de sua mãe a cai aos prantos, uma coisa muito interessante também é que a câmera passeia livremente sempre mostrando os encantadores pés de Sakura mas sem perder o foco dos personagens, a atuação dos atores Hannelori Elsner e Elmar Wepper é impecável o sentimento passado através do olhar e das expressões corpóreas da a impressão de que eles interpretam coma a alma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário